Lapela

O príncipe Albert ao receber de sua então noiva, a rainha Vitória, um pequeno ramalhete de suas flores favoritas, rasgou a lapela de seu paletó com um canivete e ali fixou as flores para lembrar sempre de sua amada. Sem saber, o príncipe estrearia uma nova tradição nos noivos do mundo inteiro. Os alfaiates passavam a indicar nos seus paletós o lugar para a ”flor de lapela” e as noivas escolhiam a sua favorita para o seu amado usá-la no dia do casamento.

BeTraditional.

São & Salvo