PRECEITOS DA IGREJA CATÓLICA
Os Preceitos da Igreja Católica são uma descrição das ações mínimas absolutas exigidas dos católicos em relação à Igreja.

A Igreja usa esses preceitos para nos lembrar que a vida cristã requer compromisso com a oração e participação ativa na liturgia e nos sacramentos. Se ficarmos abaixo desse nível mínimo, não podemos nos considerar em plena comunhão com a Igreja Católica.

Cada um desses preceitos da Igreja Católica é um requisito. Juntamente com os Dez Mandamentos, eles representam o nível mínimo de vida moral. A violação intencional dos preceitos ou dos mandamentos é um assunto grave, significando um pecado mortal.

PRIMEIRO PRECEITO: VOCÊ DEVE PARTICIPAR DA MISSA AOS DOMINGOS E DIAS SANTO DE GUARDA E DESCANSAR DO TRABALHO.
Devemos “santificar o dia que comemora a ressurreição do Senhor” (domingo), bem como os principais dias de festa, conhecidos como dias santos de guarda. Isso requer assistir à missa, “e descansar das obras e atividades que poderiam impedir tal santificação nos dias de hoje”.

VÁ ALÉM DO MÍNIMO!
Lembre-se sempre: os preceitos da Igreja Católica são níveis mínimos de participação na vida da Igreja. Por amor a Cristo e desejo de avançar na vida espiritual, você normalmente tentará fazer muito mais do que eles exigem.

Muitas pessoas recomendam que os católicos devem participar da missa pelo menos mais uma vez por semana. (A maioria das paróquias da Igreja celebra a missa todos os dias do ano!)

Na medida em que o amor divino embeleza nossas almas e nos torna agradáveis ​​à Sua Divina Majestade, isso se chama graça; na medida em que nos dá forças para fazer o bem, isso se chama caridade; mas quando atinge tal grau de perfeição que nos faz não apenas fazer o bem, mas fazê-lo com cuidado, frequência e prontidão, então é chamado de devoção.

–São Francisco de Sales

Em agradecimento a: romancatholicman.com